Pesquisar este blog

Carregando...

Páginas

terça-feira, 19 de maio de 2015

Infinitas possibilidades III



Infinitas possibilidades III
Existe uma onda de possibilidades que navega pelo universo do passado para o futuro. Vai e volta. Quando encontra outra onda de possibilidade é multiplicada (eleva-se ao quadrado) e torna-se uma onda de probabilidade.
É isso que acontece quando colapsamos uma função de onda. Quando escolhemos alguma coisa. Criamos uma onda que colide com a onda de possibilidade infinita. É assim que criamos a realidade. Esta probabilidade pode vir a se concretizar se não há nada que desfaça a onda. Uma dúvida, uma mudança de escolha, uma pressão de ansiedade, medo, falta de definição 100%, etc. Para que uma onda de probabilidade apareça como algo concreto no mundo tridimensional é preciso que não haja a menor dúvida. A dúvida tem de ser zero%. Todos colapsam o tempo todo.
O que cria a onda de possibilidade? O pensamento e o sentimento de alguém que colapsa. As escolhas que são feitas por cada pessoa. Não importa o entorno da pessoa. Numa mesma economia existem pessoas que crescem sem parar e outras que demoram para crescer. Basta ver o caso da internet. Usando este meio de comunicação quantas empresas surgiram nos últimos anos? Empresas gigantescas e que continuam a crescer e expandir para novas áreas. Qual o segredo delas? O seu fundador. A mente da pessoa que dirige a empresa. São pessoas altamente focadas no que desejam e agem de acordo com isso.
Em qualquer outra área o mesmo raciocínio vale. Quando a direção de uma empresa seja porque motivo for, perde o foco, a empresa cai e desaparece. E outra surge no lugar com alguém altamente focado no que deseja.
Tudo tem um preço e como já se disse “não existe almoço grátis”. É preciso fazer o que é preciso para crescer. Estudar sem parar. Conhecimento é poder. E sem estudo não temos como entender assunto e o entorno.
Existe algum limite? Praticamente nenhum. Vejam o tamanho dessas empresas. O limite seria o tamanho do planeta Terra. E quando atingirem isso irão para outros planetas. Tudo é uma questão de conhecimento. E o que pode ser conhecido é infinito. Compara o mundo de 50 anos atrás com o de hoje. Em poucas décadas houve uma transformação como nunca neste planeta.  E isso por causa de um invento apenas: o transistor. E isso por causa da Mecânica Quântica descoberta no início do século XX. Um conceito abstrato gerou toda essa transformação. É por essa razão que o pensamento abstrato é tão importante. Quanto mais abstrato for o pensamento mais poderoso ele é. Porque o pensamento abstrato vai na Realidade Última. Um pedreiro que faz um cálculo de quantos tijolos, cimento e etc. vai na construção da casa está raciocinando no mais concreto estado. O físico que estuda de que é feito o tijolo está no mais profundo pensamento abstrato. Chegará nas moléculas, átomos, prótons, quarks e energia primordial. Tudo no universo é energia e in-formação. Com in-formação forma-se o universo.
Da mesma forma que é possível criar problemas quase insolúveis, é também possível criar soluções quase inimagináveis.
É possível criar dívidas aparentemente impagáveis e é possível criar a riqueza para pagar essas dívidas.
É possível ficar desempregado a vida inteira e é possível estar empregado a vida inteira.
É possível ser empregado e é possível ser empresário.
É possível ser escravo e é possível ser livre.
É possível estar nas trevas e é possível estar na luz.
Tudo isso depende de uma simples escolha. Uma escolha que qualquer um é capaz de fazer. Acreditando ou não. A escolha é feita sempre. Quer a pessoa saiba ou não que está escolhendo. Tenha consciência ou não. Testes com insetos provaram que eles também fazem escolhas que afetam a realidade deles. Qualquer nível de consciência faz isso. Tenha autoconsciência ou não.
Portanto, não existe problema insolúvel. Existem escolhas. Mudando a escolha muda o resultado. E mudar uma escolha é uma opção consciente. Uma ação consciente. Ser infeliz é uma escolha e ser feliz é uma escolha. Os neurotransmissores que dão a sensação de felicidade ou não, dependem da escolha mental de cada um. O que cada um quer pensar.
As infinitas possibilidades são a essência do universo.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Ironia



Ironia
Numa palestra ou num texto usa-se de vez em quando um tom irônico para passar uma mensagem que está embutida num subtexto. É uma forma sutil de passar uma informação falando de outra coisa.
Quem está acompanhando atentamente a palestra consegue perceber o sentido da ironia e quando é uma ironia que se está falando.
É este o problema quando se tira uma fala do contexto. Perde-se totalmente o sentido que se queria dar e desvirtua-se o que se estava falando.
É muito comum este tipo de interpretação. E é um problema para todos os oradores e escritores. Usa-se a ironia para enriquecer o texto ou a fala. Pois seria tedioso só falar em termos absolutamente claros para uma criança de 3 anos de idade. Ainda mais quando o texto ou fala estão sendo canalizados.
A ironia tem o mesmo objetivo de uma metáfora, que é passar um conhecimento oculto para o consciente, mas totalmente claro para o inconsciente. É por esta razão que o Mestre Jesus sempre falava por parábolas. Não é necessário fazer um discurso de horas quando basta dar um pequeno exemplo, como quando falou sobre o camelo passar no buraco da agulha. Sem a pessoa entender o contexto em que isso foi dito é impossível compreender o que tem o camelo, o buraco, os ricos e o reino dos céus. Só quem estava lá e sabia onde estava o buraco na muralha é que entendeu na hora o que foi dito.
É por esta razão que um dos episódios mais inteligentes da série Jornada nas Estrelas, A Nova Geração, é sobre uma raça de extraterrestres que só falam por metáforas. No início fica muito difícil o entendimento entre humanos e eles. Mas, depois que na prática isso é vivenciado fica perfeitamente clara a forma de comunicação.
Mais uma vez fica evidenciada a extrema sabedoria do Mestre em usar metáforas. “Quem tem olhos, veja. ”

Igreja Cristã de Aton



Igreja Cristã de Aton
O objetivo desta postagem é esclarecer uma dúvida que surgiu após alguém divulgar que não tenho nada a ver com a ICA – Igreja Cristã de Aton.
Entrando no site da ICA todos podem ver um item de nome “Estatuto”. Ali encontrarão o estatuto de fundação da ICA, registrado em cartório.
Eu sou o fundador da ICA, que tem como objetivo a divulgação do Monoteísmo e a unificação da ciência com a espiritualidade, numa coisa só.

Videos editados I


Ninguém está autorizado a editar meus vídeos e fazer montagens, cortes, adições ou qualquer outra manipulação com as imagens das palestras.

Somente com autorização por escrito alguém pode usar minhas imagens.

Isso já foi dito na palestra passada e já postei sobre isso.

Quem está fazendo isso está prejudicando o trabalho.

Existe uma estratégia de divulgação feita por mim e que está sendo seguida à risca.

Todos os vídeos editados por outras pessoas devem ser tirados de qualquer mídia em que estiverem.

Postagens populares